Pessoal,

 

Em um discussão no Linkdin, lá pela primeira vez este termo, a princípio achei que o termo estava errado e que era PDCA muito utilizado na industria automotiva, perguntei e descobri que não é usado em Hospitáis e etc..., Podem me dar mais detalhes práticos desta ferramenta?

 

Grato

Donizetti

Exibições: 734

Respostas a este tópico

O PDSA é como Deming preferia chamar o PDCA. Tanto é que em grande parte de sua literatura é assim que ele se referenciava ao modelo.

O PDCA é derivado do ciclo de Shewhart, que foi levado ao Japão em 1950 em seu primeiro seminário. Os japoneses se interessaram muito pelo modelo mas não compreenderam a etapa "see" (ver) desse conceito. O "see" foi trazido das três etapas básicas de um processo (plan, do, see) estabelecido por Taylor.

Nas discussões com os japoneses eles só se convenceram quando Deming afirmou que ä finalidade do "see" era "take action". Assim, foram os japoneses que inseriram o termo "Action" ao ciclo de Shewhart, criando o PDCA. O PDCA é, portanto, uma interpretação japonesa do ciclo de Shewhart e que ficou universalmente famosa.

Deming por sua vez, preferia o PDSA, pois considerava que "study" era um termo mais abrangente do que "check" e, portanto, mais aplicável às situações diversas.

Se quiser um texto sobre a história do PDCA me envie seu e-mail. Eu o escrevi em 2009 quando o PDCA (ciclo de Shewhart, na verdade) fez 70 anos.  Ou veja em: A História do PDCA

Claudemir Oribe

Segue artigo.

Anexos

Olá Claudemir,

Muito obrigado pelos esclarecimentos, foi muito útil, eu estava achando que fosse uma ferramenta exclusiva do segmento hospitalar, pior na discussão no Linkdin me falaram que utilizam o PDSA como um indicador, eu uso para controle de ações desenvolvidas em algum projeto, kaizen ou mesmo um plano de ação.

 

Grato

Donizetti


Olá!

Eu costumo dizer que nomear o ciclo de melhoria é igual dar nome a filho, cada um prefere de um jeito. PDCA ou PDSA pe semelhante ao DMAIC (nome dado dentro do Sigma) e ou CAPDo (nome dado dentro da filosofia TPM). Obviamente, existem pequenas diferenças na forma de interpretar e usar, mas no final o resultado é o mesmo, garantir o entendimento do problema inicial, estudá-lo, planejar as ações, realizar as ações, verificar a efetividade e replicar as ações ou reavaliar caso não tenha sido atingido o objetivo.

Abraços,

Marcelo.

 


Jose Donizetti Moraes disse:

Olá Claudemir,

Muito obrigado pelos esclarecimentos, foi muito útil, eu estava achando que fosse uma ferramenta exclusiva do segmento hospitalar, pior na discussão no Linkdin me falaram que utilizam o PDSA como um indicador, eu uso para controle de ações desenvolvidas em algum projeto, kaizen ou mesmo um plano de ação.

 

Grato

Donizetti

Olá Marcelo, concordo, eu desejo muito ver um PDSA da área Hospitalar, só por curiosidade, quero verificar o quão similar é com a Industria Automotiva, por acaso tens ai um exemplo que possa me enviar?

RSS

Badge

Carregando...

O Grupo Lean promove a interação e o networking de profissionais praticantes e estudiosos de Lean System.

© 2017   Criado por Grupo Lean.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço